Páginas

sábado, 15 de novembro de 2008

Festas em família

A família do Eric é bem grandinha, principalmente se comparando com a minha, que é minúscula. E ainda por cima, mora cada um num canto do Brasil, então já viu, a gente se vê bem de vez em quando mesmo.

Já aqui é o oposto, todo mundo mora em Landvetter! Exceto os avós por parte de mãe do Eric (que eu amo demais), que moram em Hindås, que fica 15 minutos de carro daqui (praticamente do lado!).


"Vira-e-mexe" a gente se encontra, e eu adoro ter uma segunda família aqui. Na verdade, não consigo imaginar como seria se a família do Eric não fosse próxima como é. Me sinto querida e feliz de ter com quem contar, já que estou tão longe do Brasil. Sempre fui muito caseira e os programas em família (mãe, pai e irmã) sempre foram meus preferidos! (E fazer algumas comprinhas também, hehe.)

Semana passada foi o aniversário do marido da tia do Eric, o Anders. Ele é um cara muito bacana, fala várias línguas e é muito carismático. Ele é esse na foto de blusa e avental azul. Ele completou 52 anos, mas honestamente, meu pai que vai fazer 60 está muito mais bonito e enxuto! hahaha (opss)

Necessito fazer um comentário: os aniversários na Suécia são entediantes!!! Minha nossa!!! Já deve ser o quarto ou quinto que eu vou nesse ano, e é sempre a mesma coisa. Só a família, come
ça cedo e acaba cedo. Todo mundo toma café ou chá, cada um se serve, geralmente um ou duas tortas, e bem-de-vez-em-quando tem algo mais pra comer. Cadê o "PARABÉNS PRA VOCÊ"?? Cadê "Faça um pedido"?? Cadê "Com quem será?haha"?? Cadê "E o primeiro pedaço de bolo vai para....."?? Cadê a música? Cadê todo mundo rindo e ficando até tarde na festa????
EU HEIN! Hunfes! Hunfes.

Pra não generalizar, já fui em um aniversário, do amigo do meu sogro, Bertil, que por estar fazendo 50 anos, teve um jantar, com direito á vários convidados (uns 50 - sim, aqui 50 pessoas já é uma festa muuuito grande!), uma banda razoável e muita gente bêbada dan
çando e se divertindo horrores! Pros padrões suecos, a festa foi realmente de arromba. Dessa eu gostei de verdade! Sem contar que o Bertil até tocou bateria e fez o maior sucesso.

Alguém mais já se espantou com festas de aniversário suecas?

4 comentários:

Bia disse...

Menina eu to participando de um concurso para tentar ir para uma universidade européia estudar.Eu tinha colocado a suécia mas me desanimaram falando que aí é mto frio, ai acabei colocando a 1 opção na bélgica e a 2 na suécia.Mas me conta faz mto frio msm aí?

Rafaela Carvalho. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana disse...

Oi Lua! Mais uma pro grupo "os suecos acabam com a felicidade de aniversários" hehehe :)
Na verdade eu me sinto especialmente chatiada com isso já que eu AMO aniversários e desde que cheguei aqui só tive decepcoes nessa área :P
Nem mesmo qnd fiz anos redondos (20), que dizem ser os únicos que realmente valem alguma atencao, consegui animar o povo...
E sobre a sua família sueca ser tao legal assim, parabéns! Eu sei como é essa vontade de ter algum apoio familiar por aqui qnd estamos longe da nossa, mas pra mim ainda nao deu certo :(
Beijos e vou te adicionar aos meus links ok? :)

Gabi disse...

Oi Lúa, que delicia de blog! Eu também amo programas em família! São uns dos meu preferidos. Agora convenhamos que aniversário tem que ter uma certa animação afinal pra nós brasileiros aniv, é aniv. né? ahaha Beijos Lua