Páginas

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Dicas para se aprender uma língua estrangeira

Na minha opinião, aprender a língua do país em que você mora é essencial, você pode até conseguir se virar só com o básico, mas quando você realmente aprende o idioma, você aprende tanta coisa a mais sobre o país, a cultura, o povo, a história...enfim, isso abre um imenso leque de possibilidades!

É claro que certos idiomas são mais difíceis, mas mesmo assim, se você tiver a vontade de aprender, nada nem ninguém pode te impedir. Mesmo que você ainda não tenha se mudado, mas sabe que daqui um tempo você vai morar em outro país, já é hora de começar a aprender!



1- Comece a estudar por conta própria!
Quando eu morava em São Paulo e já estava namorando o Eric, eu queria poder me comunicar com a família dele, principalmente se eu fosse morar na Suécia. Mas achar cursos de sueco no Brasil não é fácil (nem barato!) e fiquei super feliz quando ganhei de presente do Eric esse livro: Teach yourself swedish!

Eu achava que não tinha disciplina suficiente pra sentar e aprender sozinha, mas esse livro me ajudou e MUITO! Aprendi um básico de sueco, treinava com o Eric e isso me deu uma base legal. Se alguém quiser comprar, ele achou esse livro na Livraria Cultura, mas imagino que se encontra em outras lojas também, e na internet, claro. Existe livros semelhantes em todas as línguas possíveis.

Quando eu finalmente me mudei pra Suécia, era começo de junho, quando as férias de verão começam e fiquei super desapontada quando fiquei sabendo que minhas aulas de sueco só começariam no final de agosto! (Isso porque eles querem aproveitar o verão todo, quem não quer?!?)

2- Ouse falar o pouco que você sabe!
Na família do Eric, são poucos que falam um bom inglês e muitos suecos mais velhos têm vergonha de conversar em inglês. Eu queria muito poder me comunicar com os avós do Eric, e na verdade uma das primeiras frases que aprendi foi "Eu não entendo..." (e eu falava tanto isso...). Mas aos pouquinhos fui perdendo a vergonha de falar errado e falava do meu jeito, mas falava.

Quando chegou o fim de agosto e meu curso finalmente começou, eu consegui pular dois níveis porque eu já sabia me comunicar com o básico! Fiquei ultra feliz e isso não só me ajudou a terminar o curso de sueco mais rápido como me deu energia pra continuar a me esforçar.

3- Leia! Mesmo entendendo poucas palavras!

Eu sabia que ler iria me ajudar a aprender, mas eu não queria pegar um jornal chato e ficar lendo forçado aquelas notícias desinteressantes com palavras super complicadas! Então eu comprava coisas que eu gostaria de ler, mas que estavam em sueco!

Eu gosto de revistas femininas, de moda e coisas assim, então comprava as versões das revistas que gosto em sueco e como o assunto me interessava, eu ficava mais motivada pra procurar as palavras novas no dicionário!

4- Escute músicas no idioma, veja filmes e assista os programas de tv!
Eu sempre adorei filmes europeus, e queria conhecer o cinema sueco também. No começo eu assistia sempre com legendas em inglês e isso ia me ajudando a aprender palavras novas! Música também ajuda muito, você aprende a pronúncia aprende palavras e frases novas que acabavam ficando presas na sua cabeça!
Pra mim os programas de televisão espelham muito a cultura de um país. O humor sueco é diferente e assistindo os programas de comédia isso fica bem nítido. Já aprendi muita coisa sobre a Suécia vendo tv... assista! Mesmo que você só entenda uma ou outra palavra.

5- Nunca desista! Algumas pessoas têm mais facilidades que outras, e às vezes demora mesmo e é um pé no saco e frustrante não entender uma conversa. Mas paciência, você chega lá. De repente você vai percebendo que entendeu tudo que alguém falou, que já consegue ler um livro inteiro... Aprender uma língua estrangeira é difícil, mas não é impossível, isso eu garanto!!

10 comentários:

Maíra Albuquerque disse...

Hej! Acompanho teu blog faz alguns meses, mas nunca tinha comentado :)

Eu tô esperando o visto pra ir morar em Stockholm com o namorado e enquanto isso tô tentando aprender sueco sozinha mesmo. Eu acho que vi esse livro teu na Saraiva também... é um pacote bem grandão que tem um CD ou DVD dentro???

Queria aproveitar teu post e dar duas dicas que podem ser bacanas tb: tem um site gratuito na internet, o Livemocha que ensina usando a técnica da associação. A gente vê imagens e vai associando as palavras. Os nossos exercícios são corrigidos por nativos da língua e tb podemos ajudar aqueles que querem aprender português.

A outra dica é um programinha chamado Rosetta Stone (eu "peguei" na internet, confesso), que usa o mesmo sistema do Livemocha (na verdade o site se inspirou no programa), mas que eu acho mais eficiente. Tem um sistema de reconhecimento de voz pra corrigir a pronúncia, e até que dá pra aprender um bocado.

Bjos,
Maíra

Lua Dandara disse...

Oi Maíra, o livro teach yourself é esse mesmo que vc falou, vem uma caixa de plástico transparente com um cd.

Eu conheco o Livemocha, realmente é um site muito bom!

ah, seja bem-vinda!!! Sinta-se a vontade pra comentar! beijos

Josy disse...

Olá

Eu assim como você já quero chegar na Suécia sabendo falar alguma coisa.
Tenho estudado no livemocha mas não encontrei em Belo Horizonte o livro Teach Yourself Swedish,dei uma pesquisada na internet e pretendo comprar!

Um dos filmes suecos que mais gostei foi "Minha vida sem minhas mães" e "Acima do paraíso".Chorei nos 2!

Meu namorado me deu os livros da Saga Crepúsculo em Sueco,como eu já tinha lido em português agora estou tentando em sueco com a ajuda de um dicionário claro ;)

Abraços

LuRussa disse...

amei a foto do layout !!! linda!!

Lua Dandara disse...

Oi Josy, qual é o nome desses filmes em sueco?
Continue estudando sim, você só tem a ganhar com isso!

Beijos!

Anônimo disse...

Olá, comecei um curso de sueco há uma semana e o impacto inicial foi grande, fiquei pensando em desistir, mas depois do seu depoimento, vou seguir em frente, já estive em Gotemburgo no ano passado e foi uma pena não falar sueco, me virei bem com o Inglês, mas quando fui visitar uma das ilhas do arquipélago para ver o Medsömmer me deparei com algumas pessoas mais velhas que não falavam nada de Inglês. Gostei da dica do livro, vou comprar, minha expectativa é estar falando o básico em 2 anos. Muito obrigado! Tércio

Anônimo disse...

Oi Lua,Obrigado pelas suas dicas e da Maíra sobre Livemocha e o Rosetta Stone. É muito chato, não saber falar sueco com os pais de meu namorado. E vou tentar aprender um pouco mais em sueco. Bjos. Dulce

Anônimo disse...

Perdão pela indiscrição:
Sou teu amigo no Orkut ...
João Miramar (Rudi). Eu amo o teu blog, e sempre o leio, pois spu admirador desse país, Suécia. Esse tópico que escreveste, tá maravilhoso ! ...

Já te adianto : - Feliz Aniversário ! (8 de dezembro)

Abraço ao Erik.

Anderson Clayton disse...

Oi, tudo bem?
Cheguei no seu site pesquisando referências sobre os livros "Teach Yourself".. Aí vim parar nesse post rs...
Suas dicas são muito boas. Não sei se já leu algo relacionado ao aprendizado de línguas estrangeiras, mas pesquisas sérias no assunto têm boas referências que incluem também essas algumas das coisas q vc disse!
Estou querendo aprender alemão, e acho q vou pegar o livro referente dessa série! Belo post e lindo blog, vou acompanhar também! E essa foto de cima aí, esse cachorro(?) parece q tomou um susto desse cavalo(?) kkkk

Anônimo disse...

OI LU, ADOREI SUAS DICAS,MAS DE VERDADE PENSO Q DEVERIA HAVER UM CURSO LEGAL PELA INTERNET DE SUECO ( EM PORTUGUES).BAIXEI UM LIVRO EM FRANCES E UM EM INGLES. QUE TAL SE VC FIZESSE UM BLOG NOS ENSINANDO.SERIA SENSACIONAL, POIS VC SABERIA EXATAMENTE AS DIFICULDADES DE NÓS, POBRES BRASILEIROS, LOUCOS P/APRENDER SUECO.JÁ VI VRIOS OUTROS BRASILEIROS FAZEREM ISSO,COM FRANCES,ITALIANO,ALEMÃO E FOI SUPER LEGAL.ME APAIXONEI PELA SUÉCIA POR CAUSA DO OlA Håkansso, DO SECRET SERVICE, E VOU PARAR AÍ QQER HORA, E QUERO ESTAR FALANDO PELO MENOS O BÁSICO DE SUECO.BJOS PAULISTANOS.MIRA