Páginas

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Moradia na Suécia

Hej!

Uma das perguntas que eu mais recebo por email é sobre moradia na Suécia. É fácil? Quanto custa? Onde? Como?...

Achar moradia na Suécia é relativamente difícil. A pergunta mais importante é "onde na Suécia". Se o interesse é em Estocolmo, Gotemburgo ou Malmö, as maiores cidades suecas, é muito difícil. Se for em cidades pequenas, a busca se torna muito mais fácil.

Isso porque  em torno de 75% da população da Suécia mora na parte "sul" da Suécia e na minha opinião muitas cidades, como Gotemburgo, não têm muito pra onde crescer...

Obviamente, o meu conhecimento sobre moradia gira em torno de Gotemburgo, já que moro aqui há 5 anos. Estocolmo tenho uma noção pois conheço várias pessoas que mudaram de lá ou pra lá. 

Pra começar, se você pretende mudar para a Suécia, você terá de mudar seus conceitos quanto á moradia. Quarto na cozinha? Sala, quarto e cozinha tudo junto? 18m2 pra duas pessoas? Pode parecer menos confortável, mas provavelmente serão algumas das opções que você vai encontrar - se encontrar! hehehe



Na Suécia existem alguns tipos comuns de moradia:

  • Aluguel de primeira mão, ou segunda, terceira, quarta...
    • Bom é velho aluguel, de preferência direto do dono ou do governo. Se for de primeira mão você pode morar (mais ou menos) o tempo que quiser. Os preços são regrados de acordo com a lei. Geralmente existem filas pra conseguir um apartamento de primeira mão, em um apartamento no centro de Estocolmo a estimativa de espera na fila é de até 10 ano (sim, eu disse DEZ!), já em Gotemburgo, um apartamento central, pode levar SÓ uns 6-8 anos...E normalmente você tem que ter uma renda comprovada de no mínimo 3 vezes o valor do aluguel.
    • Apartamentos de segunda (ou terceira, quarta, quinta...e assim vai) mão são alugados da pessoa tem o direito ao apartamento (ou não), mas já é uma moradia mais incerta. Geralmente o tempo que você pode morar é mais regrado. Muitas pessoas que mudam de cidade por um tempo alugam seu apartamento dessa forma pra ganhar um dinheiro extra. Geralmente custa mais que o preço verdadeiro do apartamento.
  • "Direito à moradia" (Bostadsrätt)
    • Quando se compra um apartamento na Suécia esse apartamento é na verdade um "direito de moradia", em que o apartamento em si é uma parte do prédio, os moradores são juntos donos do prédio inteiro. Todas as decisões são feitas pelos moradores, como você.  
  • Apartamento de estudante
    • Estudantes normalmente tem a opção de morar em um apartamento especial. O apartamento geralmente é um "etta", apartamento de um quarto (ps.: na Suécia sala também é considerado "quarto"), então ele pode até ter uma cozinha separado, mas a sala é o quarto de dormir e o quarto de dormir é na sala...hehehe...O problema é que você tem que ser mesmo estudante, registrado na universidade, e assim que você se formar, você tem - se não me engano - uns 6 meses pra se mudar. 
  • Casa
    • Você tem todos os direitos, faz o quem bem quiser e o que não quiser, a casa é sua!

Muitas pessoas quando mudam pra uma cidade ou país pensam em primeiro alugar um apartamento, mas pra vocês imaginarem a loucura que é aqui, encontrar um apartamento pra alugar de primeira mão é comparado com ganhar na loteria. Em locais mais afastados do centro é bem mais fácil. Obviamente em cidades menores o desafio é bem menor.

Como eu contei, a lista de espera para um aluguel num local desejado é tão longa que muitas vezes você se vê num beco sem saída. E nessas horas só tem mesmo uma opção, comprar. O preço de um apartamento nos grandes centros suecos é tão maluco quanto a lista de espera, sendo os de Estocolmo os campeões da loucura. Um apartamento numa área razoável em Gotemburgo, de uns 55-60m2 de sala e quarto (=dois quartos) custa em torno de 1,5-2 milhões de coroas suecas (550-740 mil reais), ás vezes mais! Se for no centro, pode ter certeza que vai ser mais. No centro de Estocolmo, um apartamento de uns 70m2 pode custar até 7 MILHÕES DE COROAS! Uns 2,5 milhoes de reais...Mas um apartamento mais "normal" custa em torno de 2-3 milhoes de coroas (740 mil - 1,1 milhão de reais).

O apartamento mais caro de Gotemburgo, foi vendido uns atrás por 16,5 milhões de coroas, um pouco mais que 6 milhões de reais. Alguns apartamentos de luxo em Estocolmo chegam à 25 milhões, por volta de 9,2 milhões de reais.


Mas nem todo lugar é assim! Tenho uma amiga do interior, Karlskoga, uma pequena cidade em Värmland, segundo ela um apartamento no centro custa em torno de 100 mil coroas, 36 mil reais! Então ainda há esperanças...

No site blocket.se é possível encontrar de tudo pra vender, de casa à roupa, de carro à ingressos pro show do U2. E até mesmo apartamentos para alugar, geralmente de segunda mão, mas existem também quartos para alugar.

O mundo imobiliário sueco pode parecer meio maluco e impossível, mas não é. Muitas vezes se dá um jeito. Com amigos, contatos - e de preferência com um dinheirinho na conta e um trabalho fixo - se encontra onde morar, de uma forma ou de outra. 

Pra quem quer se aventurar ou só saber um pouco mais sobre moradias na Suécia, segue aqui alguns sites que podem ajudar bastante:

boplats.se (apartamentos para alugar em Gotemburgo)
booli.se (imóveis à venda na Suécia)
hemnet.se (imóveis à venda na Suécia)
omboende.se (informações sobre moradia)
blocket.se (pra vender, alugar, emprestar, o que for!)
lagenhetsbyte.se (pra quem deseja trocar de apartamento!)
bostadsportal.se (apartamentos na Suécia)
bostad.stockholm.se (apartamentos pra alugar em Estocolmo)

Enfim, acho que poderia escrever horas sobre esse assunto, porque realmente tem muita coisa pra se contar - e descobrir! Mas por enquanto é só. Espero ter ajudado!

Abraços, 

Lua Dandara. 

9 comentários:

Josy disse...

Que bom que apareceu!

Bom o Johan faz muito tempo que estamos na fila para mudar para Uppsala, mas parece que é uma tarefa quase impossível encontrar um apt de primeira mão. De segunda mão é um plano B, já que é chato demais ter que ficar mudando de meses em meses. Estou quase considerando a tentar estudar em Luleå ou Umeå.

Abracos

Lua Dandara disse...

Oi Josy, realmente apartamento de primeira mao sao uma tarefa á parte! Mas de segunda mao nem sempre é tao ruim assim... Boa sorte!

Shirley Lucas disse...

Olá,estou tentando mudar para Gotemburgo faz um ano,porque meu marido foi transferido para Suécia...mas a questão moradia é outra novela.Para começar apartamentos não deu certo porque as associações não aceita empresa comprando o imóvel,agora estamos a procura de casas porque é direto com o proprietário.Tem que fazer propostas de valores tipo leilão quem faz a maior oferta leva...E mesmo assim estamos a 6 meses tentando e assim eu fico no Brasil e meu marido na Suécia.Vamos ver se este ano resolveremos este problema.Um abraço....

Joyce Carla disse...

Olaa!!
Tenho muitas duvidas, mas a maior delas é:
É possível estudar na Suécia sem falar inglês?
Abraços.
Joyce Borghi.

Joyce Carla disse...

Tenho varias duvidas, mas a maior delas é:
Posso estudar na Suécia sem saber o Inglês?
Sou estudante de Biologia e gostaria de terminar o curso na Suécia.
Abraços.
Joyce Borghi.

Anônimo disse...

Estou pensando em mudar para a Suécia, uma casa de sala, 2 quartos e cozinha sai em média quanto?

Mary Lima disse...

Oi Lua Dandara. Então sou apaixonada pela Suécia, venho pesquisando muito a respeito de por em prática a idéia de ir morar aí. Mas venho pensando muito sobre a dificuldade de moradia é tudo mais. Até por que tenho um filho pequeno e acho que dificulta um pouco as coisas. Sou brasileira, moro em Manaus e gostaria de sua opinião sobre a possibilidade de eu conseguir moradia permanente ai e as dificuldades que eu iria enfrentar ao chegar aí. Me ajude

Mary Lima disse...

Oi Lua Dandara. Então sou apaixonada pela Suécia, venho pesquisando muito a respeito de por em prática a idéia de ir morar aí. Mas venho pensando muito sobre a dificuldade de moradia é tudo mais. Até por que tenho um filho pequeno e acho que dificulta um pouco as coisas. Sou brasileira, moro em Manaus e gostaria de sua opinião sobre a possibilidade de eu conseguir moradia permanente ai e as dificuldades que eu iria enfrentar ao chegar aí. Me ajude

Anônimo disse...

Oi, na Suécia tem como compra terreno e fazer a própria casa ??