Páginas

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Praga - o tesouro da Europa do Leste

Em abril quando "explodiu" a crise do vulcão islândes e tudo mais que vocês já ouviram falar, Eric e eu encontramos na ryanair passagens por preços absurdos, de tão baratos! Não deu outra: no mesmo dia compramos nossas passagens para irmos à Praga passar uma semana em junho, com conexão em Frankfurt. O preço? Ida e volta (contando as duas cidades, parando 2 dias na volta em Frankfurt) por uma média de 450 coroas suecas = 100 reais por pessoa! Dá pra acreditar? Com esse dinheiro eu não compro nem a passagem de trem ida e volta pra Estocolmo...

Eu não sabia muito bem o que esperar de Praga...mas fui surpreendida, de forma positiva, muito positiva! Simplesmente me apaixonei pela cidade, e quero muito voltar, muitas vezes! A cidade é muito mais limpa do que eu imaginava, apesar do ar ser bem poluído. A outra reclamação seria o número de carros no centro da cidade e o excesso de turistas...é turista do mundo inteiro que não acaba mais! Mas nada disso consegue ofuscar o brilho da capital tcheca... Praga vai além de tudo isso. Tem um pouco conto-de-fadas, prédios antigos, prédios modernos, bairros românticos e bairros bem a lá "união-soviética"...

O ápice de turistas fica na famosa ponte "Charles Bridge", cheia de esculturas católicas e com uma bela vista da cidade. É também a ponte que liga o castelo de Praga e o bairro antigo chamado de "Old town" as duas partes principais (para os turistas) da cidade. A ponte está sempre com muita gente, se você quiser tirar uma foto dela vazia vai precisar ir lá de madrugada e ter ainda assim muita sorte! Eric e eu fomos lá um dia depois da meia-noite pra ver como estaria e mesmo assim tinha muita gente! E olha que a alta estação é julho/agosto!

A nossa sorte foi o Eric ter uma amiga tcheca, que nos mostrou os lados mais calmos de Praga, que também fazem parte da parte turística da cidade. Um desses lugares foi o muro de John Lennon, um muro que começou a ser pixado depois da morte de John Lennon em 1980, preenchido com figuras do cantor e de letras de músicas dos Beatles. O muro foi também usado como forma de expressão contra o governo tcheco. O muro já foi pintado várias vezes e as figuras sempre mudam... É cheio de mensagens de paz e amor, muito interessante. E bem atrás do muro fica uma das árvores mais antigas da cidade...


E além de toda a beleza... os preços de Praga são um capítulo à parte. A moeda deles continua sendo a coroa tcheca. Tudo é muito barato, principalmente pra quem está acostumado aos preços suecos. A maioria das coisas custam 1/2 ou até mesmo 1/3 das coisas em Gotemburgo, por exemplo. Mesmo em restaurantes centrais você almoça tranquilamente com 9 euros (20 reais), com direito à sobremesa e bebida. A cerveja tcheca é conhecida mundialmente, e o povo tcheco tem muito orgulho disso, e eu concordo, apesar de estar longe de entender qualquer coisa sobre cerveja... O estranho é que em alguns lugares a água custa mais do que cerveja...


Enfim, tem como não amar essa cidade?

3 comentários:

ARETHA disse...

luazinha...adorei os comentários sobre alguns pontos turísticos da cidade e as fts ficaram lindas....vcs pegaram um tempo super agradável hein??Ah, adoro seu estilo de vestir....mas já te disse isso né?!?!?!?kkkkkk...bjaum

Lorena Borges disse...

Ei ei!

Tô sumida daqui, né? Tô tentando me atualizar, juro!

Adorei o novo layout do blog e a foto de abertura tá LINDA!

Um dos lugares que eu e marido mais temos vontade de conhecer é Praga! Acho lindo demais! E lendo seu post lembrei de uma coisa que li numa comunidade sobre viagens no Orkut. O cara falou que não gostou de Praga porque não conseguia tirar os turistas da frente pra tirar fotos! Hahahahaha! Vê se pode!

Beijão!

Lorena Borges disse...

PS: e o preço dessa passagem? DADA!